Feeds:
Posts
Comentários

Archive for fevereiro \16\UTC 2014

monitoriapq

O protagonismo juvenil envolve a atuação do adolescente em atividades que vão além de seus interesses unicamente pessoais, reforçando a importância de atitudes, posturas e ações que favorecem suas experiências como atores sociais ativos e capazes de realizações que causam efeitos positivos em suas próprias vidas e ainda sobre os meios nos quais estão envolvidos os associados (escola, igrejas, clubes, associações e, enfim, a sociedade em sentido mais amplo). Ser protagonista então implica na adoção de uma conduta produtiva e com efeitos coletivos.

Há diversas formas de exercer o protagonismo na escola, seja através de iniciativas pessoais e espontâneas visando o interesse coletivo (como nos casos dos estudantes que por conta própria zelam pela limpeza da escola ou que colaboram para que as aulas ocorram da melhor e mais produtiva forma possível) ou também podemos verificar o protagonismo por meio da participação em ações e atividades promovidas na escola envolvendo um amplo grupo de pessoas, sejam estudantes, professores, gestores, demais funcionários e mesmo a comunidade na qual a escola está inserida.

Uma atuação que tem um grande potencial quanto ao exercício do protagonismo, prática colaborativa e de grande potencial para a melhoria do desempenho escolar é a monitoria aluno-aluno, que é uma atividade através da qual os próprios estudantes atuam no apoio a outros estudantes com dificuldades na aprendizagem de determinadas disciplinas ou conteúdos. Os monitores terão suporte dos professores e da coordenação pedagógica e contribuirão ajudando os estudantes que estejam precisando de apoio para a compreensão daquilo que não compreenderam devidamente.

A monitoria das disciplinas e conteúdos não beneficia apenas os estudantes com dificuldades, pois a necessidade de aprimoramento e o trabalho de orientação com os professores também aprofundam as habilidades e competências dos próprios monitores envolvidos no projeto.

A monitoria de apoio é também fundamental e com o seu apoio as mais variadas atividades na escola acabam funcionando. Os monitores apoiadores realizam funções que garantem a realização de atividades regulares e especiais na programação da escola, seja em ações cotidianas como a contribuição com a organização do dia a dia escolar ou também em eventos que necessitem do apoio de uma verdadeira equipe de estudantes assumindo importantes e necessárias atribuições. Os participantes das monitorias de apoio ganham bastante com a vivência na realização de projetos porque acumulam experiência e aprendem a lidar com diversas situações práticas, além da possibilidade de aprimoramento das habilidades de convivência, interação coletiva e cooperação.

Para participar das monitorias (e quem quiser poderá participar das duas modalidades) basta ter disposição, vontade de ser protagonista, de assumir responsabilidades e de colaborar. Para atuar na monitoria de conteúdo é preciso identificar suas afinidades quanto as disciplinas e procurar os professores em busca de orientação para saber como agir e também para se aprofundar nos conteúdos que serão trabalhados.

Read Full Post »